Como escrever um arquivo em lote, olha isso

Este artigo ensina como escrever e salvar um arquivo em lote básico em um computador Windows. Um arquivo em lote contém uma série de comandos do DOS (Windows Language) e é comumente escrito para automatizar tarefas frequentemente executadas, como mover arquivos. Você não precisa baixar nenhum editor sofisticado para criar um arquivo em lote-o programa de bloco de blindagem do Windows é mais do que suficiente.

Parte 1

1:

Open no bloco de notas. O Bloco de notas permite criar código como um arquivo de texto e salve -o quando for feito como um arquivo em lote. Você pode abrir o bloco de notas abrindo o início, digitando no bloco de notas e clicando no ícone do aplicativo Blue Notepad na parte superior do menu. Notepad é comumente usado para converter arquivos de texto em arquivos em lote, mas você pode escrever o texto do seu arquivo em lote praticamente em qualquer lugar.

  • Notepad é comumente usado para converter arquivos de texto em arquivos em lote, mas você pode escrever o texto do seu arquivo em lote praticamente em qualquer lugar.
  • 2:

    Aprenda alguns comandos básicos em lote. Os arquivos em lote executam uma série de comandos do DOS; portanto, os comandos que você pode usar são semelhantes aos comandos do DOS. Alguns dos mais importantes incluem: Echo – exibe o texto na tela @echo off – esconde o texto que normalmente é iniciado em saída – execute um arquivo com seu aplicativo padrão REM – insere uma linha de comentários no programa MKDIR/RMDIR – Criar e Remover diretórios Del – Exclui um arquivo ou copiar arquivos – copie um arquivo ou arquivos xcopy – permite copiar arquivos com opções extras para/in/fazer – Este comando permite especificar arquivos. Título- Edite o título da janela. [1]

  • eco – exibe texto na tela
  • @echo off – esconde o texto que normalmente é produzido
  • Iniciar – Execute um arquivo com seu aplicativo padrão
  • Rem – Insira uma linha de comentários no programa
  • mkdir/rmdir – Crie e remova diretórios
  • Del – Exclui um arquivo ou arquivos
  • Copiar – copie um arquivo ou arquivos
  • xcopy – permite copiar arquivos com opções extras
  • para/in/do – Este comando permite especificar arquivos.
  • Título- Edite o título da janela. [1]
  • 3:

    Escreva um programa para criar um diretório. Uma das maneiras mais fáceis de aprender a criar arquivos em lote é se concentrar em fazer tarefas básicas primeiro. Por exemplo, você pode usar um arquivo em lote para criar rapidamente vários diretórios: mkdir c: Exemplo1 mkdir c: exemplo2

    4:

    Escreva o código para criar um programa de backup básico. Os arquivos em lote são ótimos para a execução de vários comandos, especialmente se você o configurar para poder executar várias vezes. Com o comando xcopy, você pode fazer um arquivo em lote que copia arquivos de selecionar pastas para uma pasta de backup, apenas sobrescrevendo os arquivos que foram atualizados desde a última cópia: @echo off xcopy c: c: backupfolder /m /e /y Isso copia os arquivos da pasta “Original” para a pasta “BackupFolder”. Você pode substituí -los pelos caminhos para as pastas desejadas. /M Especifica que apenas arquivos atualizados serão copiados, /e especifica que todos os subdiretos no diretório listado serão copiados e /y mantém a mensagem de confirmação que aparece toda vez que um arquivo for substituído.

  • Isso copia os arquivos da pasta “Original” para a pasta “BackupFolder”. Você pode substituí -los pelos caminhos para as pastas desejadas. /M Especifica que apenas arquivos atualizados serão copiados, /e especifica que todos os subdiretos no diretório listado serão copiados e /y mantém a mensagem de confirmação que aparece toda vez que um arquivo for substituído.
  • 5:

    Escreva um programa de backup mais avançado. Enquanto simplesmente copiar os arquivos de uma pasta para outra é bom, e se você quiser fazer uma pequena classificação ao mesmo tempo? É aí que entra o comando para/in/in/do. %% f in ( *.doc *.txt) do xcopy c: fonte “%% f” c: texto /m /y rem. Texto Rem %% F é uma variável para %% f em ( *.jpg *.png *.bmp) do xcopy c: fonte “%% f” c: imagens /m /y rem. Isso move qualquer arquivo com um .jpg , .png, Rem ou .bmp Extensão de C: Fonte para C: Imagens

    6:

    Exibir algum texto. Se você quiser saber o que está acontecendo no seu arquivo em lote, mas não quiser ver todos os comandos, você pode programar o arquivo em lote para imprimir algum texto que explique o que o arquivo em lote faz. Você pode imprimir texto com eco. Por exemplo: @echo off mkdir c: exemplo1 eco criado diretório Exemplo1 Você pode alterar a cor da saída com a cor BF, onde B é o fundo e F é a cor do primeiro plano, tanto um número hexadecimal. A seguir as cores são possíveis: Número da cor da cor 0 preto 8 cinza escuro 1 azul escuro 9 azul 2 verde escuro A verde 3 Turquesa escura B Turquesa 4 Red escuro C Red 5 magenta escura d magenta 6 escuro amarelo 7 cinza claro F branco para branco para Exemplo, o texto vermelho em um fundo verde escuro seria exibido com cores 2C, você precisa executar o arquivo em lote da linha de comando para ver o texto, porque caso contrário, a janela fechará rápido demais para realmente ler o texto que você imprimiu.

  • Você pode alterar a cor da saída com a cor BF, onde B é o fundo e F é a cor do primeiro plano, tanto um número hexadecimal. As cores a seguir são possíveis: Número da cor da cor da cor 0 preto 8 cinza escuro 1 azul escuro 9 azul 2 verde escuro A verde 3 Turquesa escura B Turquesa 4 Red escuro C Red 5 Magenta escura d Magenta 6 Dark Amarelo e amarelo 7 claro F branco
  • Por exemplo, o texto vermelho em um fundo verde escuro seria exibido com colorido 2C
  • Você precisa executar o arquivo em lote da linha de comando para ver o texto, porque caso contrário, a janela fechará rápido demais para realmente ler o texto que você imprimiu.
  • 7:

    Experimente com diferentes comandos em lote. Se você quiser inspiração, pode conferir o texto em lote de amostra no final deste artigo.

    Parte 2

    salvando o arquivo em lote

    1:

    Termine a inserção do texto do arquivo em lote. Depois de concluir e revisar seu arquivo em lote, você pode salvá -lo como um arquivo executável.

    2:

    Clique em Arquivo. Está no canto superior esquerdo da janela do bloco de notas. Um menu suspenso aparecerá.

    3:

    Clique em Salvar como…. Esta opção está no menu suspenso de arquivo. Clicar nele solicita a salvar como janela para abrir.

    4:

    Digite um nome e a extensão “.bat”. Na caixa de texto “Nome do arquivo”, digite o que quiser nomear seu programa seguido pelo .bat. Para um programa chamado “Backup”, por exemplo, você digitaria backup.bat aqui.

  • Para um programa chamado “Backup”, por exemplo, você digitaria backup.bat aqui.
  • 5:

    Clique na caixa suspensa “Salvar como tipo”. Você o encontrará perto da parte inferior do salvamento como janela. Um menu suspenso aparecerá.

    6:

    Clique em todos os arquivos. Está no menu suspenso. Isso permitirá que seu arquivo seja salvo como qualquer que seja sua extensão (neste caso “.bat”).

    7:

    Selecione um local de salvar. Clique em uma pasta no lado esquerdo da janela (por exemplo, desktop) para fazê -lo.

    8:

    Clique em Salvar. Está no canto inferior direito do salvamento como janela. A janela vai fechar.

    9:

    Feche seu arquivo no bloco de notas. Ele será salvo como um arquivo em lote em seu local selecionado.

    10:

    Edite o conteúdo do arquivo em lote. A qualquer momento, você pode clicar com o botão direito do mouse no arquivo em lote e clicar em Editar no menu suspenso resultante. Isso abrirá o arquivo em lote como um documento de bloco de notas; Neste ponto, você pode fazer alterações e salvar o arquivo pressionando Ctrl+s. As alterações serão refletidas imediatamente quando você executar o arquivo em lote.

  • As alterações serão refletidas imediatamente quando você executar o arquivo em lote.