Como explicar João 1 | explicação de joão 1

João incentiva os santos a determinarem se um mestre é de Deus. Deus é amor, e devido a Seu grande amor por nós, Ele enviou Seu Filho para sofrer por nós. Aqueles que amam a Deus, guardam os Seus mandamentos. Aqueles que acreditam em Jesus Cristo e são nascidos de Deus vencerão o mundo.

O que Jesus quis dizer com vida em abundância?

Origem. O termo “vida abundante” vem da Bíblia versículo João 10:10b, “eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância.” “em abundância” significa ter uma superabundância de uma coisa. “Vida abundante” refere-se à vida em seu abundante plenitude de alegria e de força para a mente, o corpo e a alma.

Qual é a explicação de João?

O Evangelho de João é ricamente doutrinário, sendo alguns dos principais temas a divindade de Jesus como o Filho de Deus, a Expiação de Cristo, a vida eterna, o Espírito Santo, a necessidade de nascer de novo, a importância do amor ao próximo e de acreditar no Salvador.

O que quer dizer No princípio era o Verbo?

No Início era o Verbo é a abertura presente no primeiro capítulo do Evangelho de João, que em seus versículos iniciais retoma a criação do mundo, tema ainda do primeiro capítulo do Gênesis.

Como explicar o Evangelho de João 1 1 18?

Reflexão – “Jesus é a Palavra de Deus”

A mesma Palavra que criou o céu e a terra veio ao mundo e se fez carne para nos trazer a salvação. Jesus é a Palavra de Deus, o Verbo que se encarnou no seio de uma virgem para dar vida ao mundo. Foi ele quem nos fez filhos de Deus e nos trouxe a Sua graça.

Qual é a ação da Palavra de Deus?

Essas são as 5 Ações da Palavra de Deus em nós:

Alimenta; Santifica; Edifica; Ilumina.

Como viver uma vida de abundância?

Veja aqui algumas dicas para começar a implantar na sua vida:
Agradeça as dádivas da vida diariamente. Procure desejar felicidade e coisas boas às pessoas ao seu redor. Esteja consciente do momento que está vivendo atualmente. Simplesmente aceite as pessoas, as situações, a vida como ela é.

Como viver em abundância?

Para viver uma vida plena, com prosperidade e com abundância em todos os sentidos você precisa se reconectar com a sua essência, com o seu propósito e começar a fazer as coisas de uma nova maneira, você precisa começar a enxergar todas as opções que já estão disponíveis, não apenas as mais óbvias.

Qual é a origem da palavra abundância?

Etimologia (origem da palavra abundância). Do latim abundantia.ae.

Porque o Evangelho de João não é considerado sinótico?

Quanto ao quarto Evangelho canônico, o Evangelho de João, relata a história de Jesus de um modo substancialmente diferente, pelo que não se enquadra nos sinópticos.

Porque João foi tido como o apóstolo do amor?

No evangelho de João, o discípulo amado surge como um amigo íntimo e pessoal do Senhor. Com Marta, Lázaro e Maria, João é descrito claramente nesse evangelho como alguém a quem Jesus amava (ver João 11:3, 5). Sua posição na mesa durante a Última Ceia refletia não apenas honra, mas também proximidade.

Por que João é o discípulo amado?

A proximidade entre Jesus e João foi revelada quando Jesus declarou a Sua mãe que João era seu filho, e a João que Maria era sua mãe. Isso não apenas mostrou o amor altruísta de Jesus por Sua mãe, até o último suspiro, mas também demonstrou Seu afeto pessoal por João.

O que quer dizer o verbo na Bíblia?

Divindade, na Bíblia, é um atributo exclusivo do Deus único e verdadeiro que, em grego, língua original do Novo Testamento, é “Theos”. Já Jesus Cristo em grego é “Logos”, em latim “Verbum”, e em português “Verbo”, palavra, discurso, razão.

O que é verbo de um exemplo?

Verbos são palavras que indicam ações, estados, processos ou fenômenos, ou seja, que indicam acontecimentos representados no tempo. Existem verbos regulares, irregulares, anômalos, defectivos, impessoais, unipessoais, abundantes, de ligação, auxiliares, pronominais, reflexivos, transitivos e intransitivos.

O que significa o Verbo se fez carne na Bíblia?

Ao dizer “e o verbo se fez carne e acampou entre nós” (kai ó Logos sarx égéneto kai eskénosen en hémin“), João faz referência ao pedido outrora feito a Moisés, de que fosse construído um tabernáculo em forma de tenda, para que Deus habitasse em meio a seu povo (Cf. Ex 25, 8-9).

Por que ninguém nunca viu Deus?

No Evangelho de João 1,18 lemos: “Ninguém jamais viu a Deus; o Unigênito, que é Deus e está no seio do Pai, esse o deu a conhecer”. Tal afirmação logo no início do Evangelho de João é muito significativa, pois, em primeiro lugar retoma o que lembrávamos acima, ou seja, que Deus nunca fora visto por ninguém.

Quem foi que viu Deus?

Moisés viu Deus face a face, no alto de uma montanha desconhecida, pouco tempo depois de ter conversado com o Senhor na sarça ardente, mas antes de ir libertar os filhos de Israel do Egito. (Ver Moisés 1:1–2; 17, 25–26, 42; ver também Êxodo 3:1–10.)

Qual é o Evangelho do dia de hoje?

O evangelho de hoje é tirado de Mateus 9,14-15 e tem por tema o jejum. Mateus relata que os discípulos de João se aproximaram de Jesus e pediram que ele explicasse por que seus discípulos não praticavam o jejum, como o faziam os discípulos de João e os dos fariseus.