Qual a função do Epiplon – epiplon o que é

O epiplon é o nome dado a duas dobras do peritônio, fina membrana que recobre a cavidade abdominal. Distinguimos o pequeno e o grande epiplon. O primeiro liga o fígado ao estômago enquanto o segundo vai do estômago ao cólon transverso e cobre a superfície dos intestinos.

Qual a função do omento?

“A função primária do omento é a acumulação de gordura e o metabolismo. A função secundária é a regulação da imunidade na cavidade peritoneal”, explica-nos Troy D. Randall, um dos dois autores do estudo.

Como é chamada a estrutura que fixa o estômago ao fígado?

Omento menor ou pequeno epíploon, que liga a pequena curvatura do estômago e a parte proximal do duodeno ao hilo hepático. A maioria das fontes divide-o em duas partes: Hepatogástrico: do fígado à pequena curvatura do estômago; Hepatoduodenal: do fígado à região proximal do duodeno.

Qual o nome dado ao órgão que se encontra dentro e fora do peritônio?

Alguns órgãos, como os rins, estão dentro da cavidade abdominal ou pélvica, mas fora do peritônio, e são conhecidos como órgãos retroperitoneais.

O que é câncer no peritônio?

O câncer no peritônio é um tipo de tumor raro e que pode se desenvolver ao longo de toda a membrana, presente no intestino, fígado, estômago e ovários, entre outros. Esse câncer atinge quase exclusivamente mulheres pós-menopáusicas.

Como é a dor no baço?

A dor no baço pode acontecer quando esse órgão sofre algum tipo de lesão ou quando aumenta muito de tamanho, podendo a dor ser percebida ao tossir ou mesmo ao toque. Nessas situações, além da dor, é possível também observar alterações no exame de sangue.

Qual é a função do omento menor?

A principal função do omento menor é anexar o estômago e o duodeno ao fígado.

Para que serve o omento maior e menor?

Os omentos existentes são o omento menor entre o fígado e a curvatura menor do estômago e a primeira porção do duodeno e o omento maior que vai da curvatura maior do estômago ao colo transverso e deste se dispõe como um “avental”, anteriormente às alças intestinais.

Qual a diferença entre omento E mesentério?

O mesentério delgado ventral origina duas estruturas: O omento menor, que divide-se em ligamento hepatogástrico (estende-se do fígado à pequena curvatura do estomago) e ligamento hepatoduodenal ( porção do fígado ao duodeno). O ligamento falciforme que compreende a região do fígado à parede abdominal ventral.

O que é o espaço Retroperitoneal?

Espaço anatômico localizado atrás da cavidade abdominal. Nesse local, encontram-se alguns órgãos, como o pâncreas e os rins, além de parte do intestino.

O que é mesentérica?

O mesentério é uma dobra dupla do peritônio – como se chama o revestimento da cavidade abdominal – que une o intestino com a parede do abdômen e permite que ele se mantenha no lugar. Dessa forma, o estudo das funções deste novo órgão pode abrir caminho para novos métodos cirúrgicos do aparelho digestivo.

O que é peritônio parietal e visceral?

Conceito: é uma membrana serosa de parede dupla que forra a parede abdominal (peritônio parietal) e dela se reflete sem solução de continuidade sobre as vísceras para revesti-las em variável extensão (peritônio visceral), a semelhança do que a pleura faz no tórax.

Que órgão é o peritônio?

Peritônio é uma membrana serosa que reveste as paredes da cavidade abdominal e recobre órgãos abdominais e pélvicos. Entre as suas duas camadas – parietal e visceral – está a cavidade peritoneal. A função do peritônio é sustentar e proteger os órgãos abdominopélvicos.

Quais órgãos abdominais não envolvidos pelo peritônio?

Na parte de trás do abdome situam-se alguns órgãos que não chegam a ser envolvidos nas pregas do peritônio. Ficam por trás dele, e, por isso, são chamados retro peritoneais; é o caso dos rins e do pâncreas.

Onde se encontra o peritônio?

O peritônio é a membrana presente na cavidade abdominal e que envolve os órgãos internos, como estômago, intestinos, fígado e baço, dentre outros. Sua função é de sustentação destas estruturas e ajuda a diminuir o atrito entre elas, além de armazenar gordura.

Quais os sintomas de câncer no peritônio?

O câncer do peritônio pode ser totalmente assintomático. No entanto, dor abdominal, diarreia, náuseas, aumento da circunferência abdominal, ascite (fluído no abdômen), febre, perda de peso, fadiga, perda de apetite, anemia e distúrbios digestivos podem indicar a doença.

Quanto tempo vive uma pessoa com câncer no peritônio?

“Em 20 a 40% dos casos, a esperança de vida se eleva para 2 a 5 anos, antes era de 6 a 9 meses. A maior contribuição é esta, tratar um câncer que antes não tinha recursos”, salienta. Há ainda casos em que a doença é curada. Poucos centros do Brasil fazem este procedimento, que necessita de equipe multidisciplinar.

Onde fica câncer de peritônio?

A maioria dos cânceres primários de peritônio inicia-se na parte inferior do abdômen conhecida como pélvis, onde se localizam os ovários. Por esta razão, o câncer primário de peritônio e o câncer de ovário se comportam de forma muito semelhantes e são tratados, na maioria das vezes, da mesma maneira.